As 7 perguntas mais comuns sobre cozinha pequena

As 7 perguntas mais comuns sobre cozinha pequena

As 7 perguntas mais comuns sobre cozinha pequena

A realidade de uma cozinha pequena faz parte de uma grande maioria das famílias contemporâneas brasileiras, porém, mesmo com espaço limitado o ambiente pode ser o sucesso da casa. Acompanhe o post que vai esclarecer as 7 perguntas mais comuns sobre uma cozinha pequena para não se sentir mais desamparado.

Minha cozinha é pequena, por onde devo começar?

A cozinha pequena pode variar de metragem, sendo mais estreita ou larga, com possibilidade ou não de uma integração com a sala, por exemplo.

Cozinha Pequena

Showroom Dimare Móveis | Projeto Haus | Foto: Daner Vicenzi

Para saber aproveitar ao máximo a medida disponível é preciso prestar atenção a alguns pontos importantes, como: posicionamento dos pontos elétricos, hidráulicos e de gás canalizado, como eles são mais difíceis de deslocar – principalmente se estiver em prédio -, o posicionamento de móveis e eletrodomésticos começará dependendo deles.

Pense em consultar também um bom arquiteto ou designer de interiores, eles saberão indicar modelos de eletrodomésticos que podem ser embutidos, no caso de fogão, microondas, lava-louças e refrigeradores que podem ser maiores ou menores sem perder sua capacidade.

Armários e prateleiras, como planejar?

Após determinar os eletrodomésticos em seus lugares é a hora de pensar na mobília própria: armários e prateleiras para sua cozinha pequena. O mais indicado é optar pelos planejados, assim a funcionalidade será priorizada além do gosto pessoal.

Imagem 02

Casa Silveira | Projeto Haus | Foto: Daner Vicenzi

Há algumas perguntas a se fazer antes de começar a planejar os materiais a serem usados, como: qual será a altura da mesa, bancada e pia? (A altura vai depender do tamanho das pessoas da casa, o padrão é entre 83 cm a 95 cm para pessoas entre 1m60 e 1m70). Como devo priorizar o espaço para circulação? (Cerca de 60cm para uma pessoa e 1m20 para duas pessoas). Devo investir mais em nichos, prateleiras ou armários? (Para definir armazenamento de aparelhos de cozinha e alimentos).

Após tomar essas decisões há alguns materiais que estão sendo mais utilizados no mercado atualmente: alumínio, vidro, laminado, laca e pastilhas. Eles podem misturar-se entre si e criar portas, gavetas, prateleiras, puxadores e nichos variados. O acabamento como textura e cores vai depender do gosto do cliente, falaremos disso mais a frente.

Quais acessórios deixam minha cozinha pequena mais usual?

A funcionalidade de uma cozinha pequena pode ser muito bem aproveitada quando se tem acessórios corretos. Isso por que quando cada coisa tem seu lugar definido e organizado a usabilidade flui e há espaço para tudo.

Imagem 03

Fonte: Google Images

Utilize organizadores de talheres dentro das gavetas; escolha a barra para facas perto do fogão ou em cima de uma bancada; organize pratos e copos em prateleiras abertas; instale ganchos para pendurar panelas e os acessórios mais utilizados (conchas, espumadeiras, peneiras, raladores), assim eles ficam a um alcance mais fácil; invista em porta temperos, além de adicionar mais charme, auxilia na visualização na hora de cozinhar; os nichos abertos também facilitam a organização de eletrodomésticos, tudo o que é mais usado deve ficar sempre ao alcance e em espaços abertos, para o interior de armários priorize a estocagem de alimentos e peças mais delicadas, como taças, porcelanas e prataria.

Sempre use coifas em cozinhas pequenas, principalmente se morar em apartamento, ela impede que a gordura do cozimento grude nos acessórios e utensílios que ficam em espaços abertos, ou que o cheiro vá para demais cômodos.

Existe regra para escolher a cor ideal de uma cozinha pequena?

Não há necessariamente uma cor ideal padrão, o gosto, a personalidade e até os efeitos visuais sempre vão influenciar a decisão e isso muda de pessoa para pessoa.

Imagem 04

Fonte: Google Images

As cores neutras (branco, preto, cinza e tons de bege) são ótimas para cozinhas integradas com a sala, pois não interferem na decoração e quando trabalhadas em tons claros ajudam a ampliar o espaço, por que refletem a luz.

Tons mais quentes como vermelho, laranja e amarelo podem ser usados em apenas uma das paredes ou em portas e gavetas, elas dão mais alegria para o ambiente quando usadas em pontos estratégicos. Já cores frias como verde e azul refrescam o espaço, use em prateleiras, como ponto de cor em papeis de parede ou objetos de decoração.

Moderna, romântica ou rústica? Estilos de cozinha pequena.

Já falamos aqui no blog sobre qual o seu estilo para decoração. Este link pode ajudar a entender as diferentes combinações entre cores, materiais eacessórios que traduzem a personalidade dos moradores de uma casa. A decoração recebe influências de idade, profissão e até o tempo que a pessoa dedica à sua cozinha.

Imagem 05

Casa Lehmkuhl | Projeto Haus | Foto: Mariana Boro

Pessoas modernas costumam optar por acabamentos metálicos, cores para alegrar o ambiente e acessórios high-tech. A decoração rústica relembra cozinhas antigas com muita madeira, papel de parede e flores. Uma cozinha pequena romântica trabalha com cores pasteis, quadros, cadeiras almofadadas e detalhes mínimos como porta- copos e porta-guardanapos, por exemplo.

Bancadas: quais os materias adequados?

As bancadas são muito utilizadas em uma cozinha, para preparar pratos, servir, interagir com convidados, etc. Os materiais mais adequados são os mais fáceis de limpar e manter, como: pedras (granito, quartzo, mármore), aço inox ou corian.

Casa Prado Beltrame| Projeto Haus | Imagem do Projeto

Como inovar em uma cozinha pequena sem esforço?

Se você já possui uma cozinha pequena estruturada e  decorada, mas quer dicas para inovar sem reformar, foque nos detalhes. Pequenas alterações fazem uma grande diferença, sem esforços.

Imagem 07

Casa Rousselet | Projeto Haus | Foto: Daner Vicenzi

Mude os acessórios, coloque adesivo em uma das paredes ou nas portas e gavetas de armários, troque ou acrescente quadros e vasos, substitua mesas e cadeiras, estas pequenas mudanças trazem um ar novo ao ambiente. Visite sempre a seção de decoração de lojas, se uma cozinha for neutra ela troca de cara com essas pequenas mudanças e até da localização de objetos e disposição de organização.

ebook.haus | reforma como viabilizar o processo sem caos

banner

 

Composições com Marsala na decoração. A cor de 2015 um tom cheio de charme.

Composições com Marsala na decoração. A cor de 2015 um tom cheio de charme.

Composições com Marsala na decoração. A cor de 2015!

O Marsala na decoração estará em alta como cor de 2015, o tom de vinho foi eleito pela Pantone por ter características como: estilo, conforto, calor e sofisticação. A escolha da cor auxilia as criações em departamentos como o vestuário, cosmético e decorativo.

Marsala 2015 01

Para não ficar de fora desta tendência e saber compor combinações corretas em sua casa ou escritório acompanhe este post com dicas simples e fáceis de seguir.

Marsala nos detalhes

O vinho é uma cor considerada próxima aos tons terrosos, por isso é algo forte e que deve ter um cuidado para incorporá-la na decoração. O ideal é que ela esteja presente em detalhes ou em determinados pontos do ambiente, para não interferir na harmonia da combinação.

Marsala 2015 02

Sendo uma cor forte ela vai muito bem com outras neutras como: branco, preto, off-white, bege, cinza ou marrom. Aqui para os detalhes podemos exemplificar com: almofadas, mantas de sofá, tapetes, pufes, velas, vasos, pequenos adereços, cortinas, estofado de cadeiras, etc.

Uma parede pintada inteira com essa cor faz do Marsala na decoração algo muito mais acolhedor. Porém, se for muito para você pinte apenas uma faixa, ou use um papel de parede que tenha essa cor em sua constituição e até mesmo um quadro.

Marsala 2015 03

Todos os cômodos podem adaptar sua decoração para o Marsala, principalmente aqueles em que se pode brincar com outras texturas, como a sala e o quarto com roupa de cama, estofados e tapetes; ou a cozinha e sala de jantar com eletrodomésticos e acessórios em metal, que quando recebem esse tom deixam o ambiente ainda mais sofisticado.

Cor única ou com contrastes?

O Marsala na decoração pode ter duas opções: ser usado como cor principal, ou contrastando com demais cores do ambiente. E isso tanto em algo mais informal como em sua residência, ou como em ambientes formais como escritórios, clínicas ou locais públicos.

Marsala 2015 04

A melhor forma para não errar é consultando uma paleta de cores com um bom decorador, (mesmo que você não faça com um profissional, qualquer loja de tintas ou de tecidos dispõe de uma paleta assim). Veja os objetos que você já dispõe e as cores predominantes neles, e coloque perto de algo no tom bordô do Marsala (no caso de uma redecoração ou reforma), e se for começar do zero pergunte os melhores tons de móveis e acabamentos para combinar.

Algumas combinações, como o branco e tons de madeira mais claros acabam ganhando maior relevância em um ambiente onde o Marsala predomina. Até mesmo as composições mais descoladas, como piso com cimento queimado, ganham uma cara mais contemporânea.

Marsala 2015 05

Uma dica para quem quiser fazer algo em um quarto de casal é a mistura com flores, principalmente em estampa liberty em que os desenhos são menores e mais delicados. O toque fica romântico, porém, aconchegante e não briga com demais cores. As cores da estampa de flor que combinam bem são: azul-claro, laranja e amarelo.

Marsala em estampas

Se você gostou da ideia de usar a cor, mas não quer que ela surja sóbria em algum destaque ou contraste, opte por usá-la em estampas. Além da florida, como citada acima, podemos encontrá-la em desenhos étnicos, quadriculados ou em zelliges (desenhos que lembram mandalas).

Marsala 2015 06

Esses detalhes ganham destaques em cozinhas, sacadas, varandas e banheiros, pois podem aparecer nos acabamentos, seja em azulejos, papeis de parede ou mesmo pintadas.

Procure compor próximo a móveis de madeira, ou vime. No banheiro a combinação de zellige com vidro fica bem clássica, ou na cozinha a estampa étnica com metais cria um espaço moderno.

O ideal é aprender que o Marsala na decoração é algo que pode ser inserido em qualquer ambiente, contanto que você encontre um ponto em comum com o estilo de sua casa. Para saber mais sobre as cores, confira o post que fizemos sobre como escolher cores para ambientes internos.

ebook.haus | reforma como viabilizar o processo sem caos

banner

 

Decoração com espelhos, ampliando seu ambiente.

Decoração com espelhos, ampliando seu ambiente.

Fazer o uso de forma correta da decoração com espelhos no design de interiores transforma simples objetos em pontos fortes, ou complementares de uma decoração. Saber tirar melhor o proveito dos espelhos e seus efeitos é um ótimo desafio para sua decoração ficar ainda mais completa e sofisticada.

espelhos 01

O uso de espelhos para decorar o interior de casas começou na antiguidade, fazendo parte de alguns móveis como armários, penteadeiras, aparadores, ou como quadros em salas de jantares, quartos e corredores. Na modernidade ele começou a ser empregado em banheiros e quartos para dar a sensação de amplitude e aproveitar melhor a luminosidade, seja natural ou originada da iluminação de lâmpadas.

Ampliando ambientes utilizando a decoração com espelhos

Espaços pequenos podem ganhar ilusão de amplitude quando os espelhos são posicionados de forma correta. Usar uma parede revestida do teto ao chão por espelhos gera profundidade e sensação de pé direito maior, ou placas posicionadas lado a lado para refletir a iluminação também aumentam a visão de amplitude.

espelhos 02

espelho 07

Para proporcionar uma sofisticação a mais em salas, quartos e corredores a função do espelho como objeto de decoração pode ser pensada de outra maneira, usando molduras variadas, tamanhos e cores diferentes. Ao invés de pendurá-los, eles ficam apoiados no chão, em mesas, prateleiras ou ainda apoiados em algum móvel. Em corredores eles refletem a luz para o outro lado e dão sensação de uma distância maior, quando colocados em uma das pontas.

Caso ele seja fixado na parede lateral do corredor, a sensação de amplitude também será gerada na largura da circulação, fazendo com que ela pareça mais larga do que é realmente.

espelhos 03

As molduras usadas devem combinar com o estilo da decoração, (saiba qual a sua através desta dica que postamos anteriormente aqui no blog) quando são entalhadas e em madeira representam algo mais clássico e romântico, quando são de cores mais claras e com toque de verniz podem ser mais modernas e despojadas. Molduras trabalhadas com dourado antigo são rústicas, assim como as de madeira sem muito tratamento estético – quando analisadas individualmente.

Quando as molduras são inseridas dentro da composição do ambiente a decoração com espelhos complementa a decoração do ambiente, e ambas se integram.

Mas, se as peças do espelho não possuírem moldura elas também podem ser usadas, com tamanhos diferentes elas são posicionadas nas paredes formando desenhos, algo mais descontraído. O corte das peças de espelho quando segue algum desenho imprime personalidade e contemporaneidade ao espaço.

Utilizar espelhos junto à composição dos quadros é uma dica super bacana para deixar seu ambiente ainda mais elegante e requintado. Saiba mais sobre como montar a sua composição, a seguir temos dicas e ideias para você.

Decoração com espelhos: Bisote ou bisotado

Para quem não gosta de usar molduras e não quer cortes que formem algum desenho (oval, retangular, quadrado, em flor, ondulado, etc.), mas desejam que haja alguma diferenciação na decoração com espelhos nos detalhes pode optar por espelhos bisotados.

espelhos 04

O bisote é uma técnica usada no vidro que faz desenhos e decorações perto de sua borda, geralmente com padrão de 2cm. Embora a medida de 2cm seja a mais usual, o tamanho dos bisotes não é uma regra, pois eles podem ser delicados e pequenos com 0,5cm para um efeito mais sutil, ou mais marcados e presentes como os bisotes de 6cm. Alguns dos detalhes ainda podem ser vazados fazendo com que a própria borda desenhada funcione como moldura para a sua decoração com espelhos.

Espelhos no mobiliário

Além das vantagens citadas em relação às sensações e ilusões que o espelho pode dar, há sua contribuição na decoração como parte integrante de mobiliário.

espelhos 05

Muitas cômodas, criados-mudo, gabinetes ganham requinte com aplicações de vidro espelhado em suas gavetas e portas. Elas servem como destaque, principalmente quando o ambiente é mais iluminado, assim como as mesas que recebem como tampo o espelho, além de ganhar brilho mudam a decoração de acordo com a luz que recebem de fora (dia e noite) e de dentro (luz do teto, abajur, spots, etc.).

espelhos 06

Para brincar com os móveis espelhados use estampas ao redor, de acordo com o ângulo ele refletirá diferentes desenhos, por exemplo, tapetes com estampas de bichos, almofadas floridas, cortinas coloridas ou objetos com formas divertidas como vasos, esculturas ou porta-retratos.

ebook.haus | reforma como viabilizar o processo sem caos

banner

Modelo de Cortina, fazendo a diferença na decoração.

Modelo de Cortina, fazendo a diferença na decoração.

Antigamente a maioria das casas possuia algum modelo de cortina, principalmente nas salas e nos quartos. Era uma forma de deixar os ambientes mais bonitos e protegê-los da luz do sol, ou dar maior privacidade aos moradores. Com a modernidade, as cortinas foram sendo deixadas de lado em troca da praticidade e do preço de persianas. Mas nada impede de um projeto de interiores use artifico das cortinas na decoração, e como complemento de um projeto. Modernas, clássicas ou minimalistas e simples, o modelo de cortina ideal pode estar nesta nossa dica.

Modelo de Cortina, fazendo a diferença na decoração.

modelo de cortina 01

A ideia de utilizar um modelo de cortina específico é de trazer maior elegância e sofisticação para sua decoração, com toda certeza a escolha dos materiais mais apropriados, dos tipos de tecido ideiais. Elas decoram espaços, ajudam a dar efeitos de luz, de leveza, de modernidade e podem ser trocadas conforme as estações, versatilidade é o que mais tefine as cortinas, das mais ousadas às mais simples.

Cortinas certeiras para os ambientes

Para determinar o estilo de cortina, tipo de tecido e tamanho dela é necessário ter em mãos as medidas da janela e do cômodo. Assim como informações de horários em que há mais luz do sol, ou movimentação na rua, caso seja casa ou um apartamento em andares mais baixos. Elas podem trazer ao ambiente privacidade, escuridão e ainda dar aquele charme ao projeto de interiores.

modelo cortina 02

Há diferentes intuitos para escolher as cortinas: controlar a luz, dar um upgrade na decoração ou criar um clima mais caseiro e romântico para a casa. Se você optar por controlar a luz, os tecidos mais grossos são mais indicados, como o veludo ou a camurça ou ainda a utilização de forros mais pesados por tras de um tecido mais leve pela frente. Caso queira um ambiente totalmente isento de luz solar, para ver televisão ou criar um clima de cinema, pode optar pelo forro Black out. Atente para o fato que cortinas de tecido mais encorpado acompanham decoração mais clássica e rústica, portanto escolha cores mais neutras e sem estampas. Se a intenção for ousar, e ter na cortina como um elemento de destaque e focal do ambiente aposte em uma cor presente na decoração e aplique na cortina ou no xale lateral. Estampas, florais e listras também complementam muito bem, cabe adequar o modelo de cortina ideal para o modelo de tecido escolhido.

modelo de cortina 03

Já se o intuito é trazer mais conforto e ter certo controle sobre a luz exterior os tecidos mais leves com forros são mais indicados. Aqui estampas pequenas são aceitas, assim como detalhes em rendas e trabalhos manuais, principalmente para quartos de casais. Se a sala for receber essa cortina, o estilo pode ser mais moderno usando cores mais claras ou mesclas com tecidos diferentes (algodão, linho, renda, crochê), em especial na barra. Barras ou bainhas altas trazem ao ambiente ainda mais sofisticação, elas demarcam e reforçam a importancia da cortina no ambiente.

Caso sua escolha seja uma decoração romântica para relembrar a casa de campo de sua família, use e abuse de tecidos com estampas florais e em cores claras. Combine com almofadas e tapetes, e eleja tons pasteis, daí não terá erro. Uma composição romântica para os apaixonados por esse estilo não tem erro. Inclusive já falamos aqui como saber qual o seu estilo.

modelo de cortina 04

casa termas do tabuleiro – projeto de interiores e decoração Haus.

Cortinas na cozinha

O uso de cortinas nas cozinhas pode ser um pouco mais descontraído, com janelas menores o comprimento delas pode ser mais curto, fuja de tecidos com temas e estampas combinando com comidas e utensílios domésticos. Prefira um elemento mais neutro e que conduza ao ambiente neutralizade, os temas de cozinhas podem deixar o ambiente carregado com muitas informações. Não são todos que optam por cortinas na cozinha, pois elas podem pegar cheiro de alimentos e gordura, mas há materiais fáceis de limpar e manter, que são misturados com plástico, similar ao usado em banheiros. Para as cozinhas na hora do planejamento é essencial prever como funcionará a cortina. Por isso planejar a sua cozinha é muito importante como já conversamos anteriormente.

 Que tipo de pregas minha cortina deve ter?

Para os desavisados ou desentendidos as cortinas dão efeitos diferentes dependendo do tipo de prega usada em sua confecção. As pregas são acabamentos na parte superior do tecido, que mostram o efeito ao longo da cortina trazendo maior requinte decorativo.

Veja os principais:

– Prega americana: são dobras triplas na costura. Cortinas com elas são mais clássicas, com maior volume e um franzido reto.

modelo de cortina 05

– Prega fêmea: são dobras duplas, com sentido oposto. Cortinas com esse acabamento na costura trazem volume na parte de fora com ondulações mais comportadas.

modelo de cortina 07

– Prega paulista: dobras intercaladas no sentido externo e interno. Aqui o volume da cortina fica mais evidente na parte superior, com efeito mais liso até a barra.

– Prega macho: duas dobras que ficam juntas na parte interna, contrária ao cós. Esse efeito dá volume com ondulações na cortina inteira, indicado para tecidos mais leves que queiram ter maior destaque.

modelo cortina 08

office haus – local das nossas ideias.

Para estilos mais clássicos as pregas americanas e fêmea são mais utilizadas. A prega paulista fica melhor em um estilo mais contemporâneo, e a prega macho é usada para dar maior destaque para a cortina por ser volumosa, ela pode ser o centro em uma decoração minimalista e monocromática.

O universo dos tecidos e cortinas permite uma gama infinita de combinações, das mais neutras, às tematicas, e as ousadas e distintas. Possibilidades certamente não irão faltar para deixar o seu ambiente ainda mais completo.  Não esqueça de solicitar e discutir sobre com o seu arquiteto ou designer de interiores. A boa decisão e escolha dos modelos de pregas, barras, tecidos e trilhos é fundamental para um efeito certeiro em seu ambiente.

Seu ambiente ficou ainda mais requintado com as nossas dicas sobre modelo de cortina? Compartilhe com a gente a sua experiência!

Deseja conhecer mais sobre a Haus? Baixe a Nossa Apresentação!

ebook.haus | reforma como viabilizar o processo sem caos

banner

Decoração com quadros, requinte em seus ambientes.

Decoração com quadros, requinte em seus ambientes.

Usar a arte como aliada na Decoração com quadros não é de hoje, famílias com maior poder aquisitivo investiam em obras de arte de pintores famosos para dar valor ao imóvel e maior sofisticação ao ambiente, nesta dica vamos esplanar tudo sobre o assunto.

Decoração com quadros, requinte em seus ambientes.

Mas, com a evolução econômica, hoje em dia não é necessário gastar milhões em quadros e gravuras para dar elegância a sua casa. O emprego de fotos, desenhos e pinturas para enriquecer os espaços cabe à criatividade e ao bom gosto do dono da casa aliada ao projeto de seu arquiteto ou decorador.

Antes de pensar em apenas um quadro central, ou telas grandes e espalhadas em paredes diferentes pela casa, que tal entender como funciona a esta tendência em design de interiores?

decoração com quadros 01

Decoração com quadros: definição da composição

A técnica consiste em combinar de forma harmoniosa ao menos três quadros diferentes, podendo ser fotos, gravuras, pinturas ou desenhos. Eles podem ficar apoiados em móveis, no chão ou pendurados na parede, vai depender do tamanho e proporção das imagens em relação ao cômodo.

decoração com quadros 02

Para que dê certo há algumas dicas a seguir, como:

– Usar molduras iguais e retas que não chamem muita atenção, assim o destaque serão as imagens e sua composição em grupo, não individual.

– O tipo de alinhamento dependerá da decoração ao redor, podendo ser traçada pela base da moldura (em casos mais clássicos), ou simetricamente em distâncias iguais (ambientes modernos e despojados).

– O alinhamento vertical ou horizontal está atrelado ao tamanho e disposição da parede, é necessário traçar uma linha que permita que a composição seja a primeira coisa no campo visual das pessoas que chegarem ao ambiente.

decoração com quadros 03

Quais são os melhores ambientes para a decoração com quadros?

A composição de quadros não tem restrições de cômodos, mas é bom atentar-se para o uso de uma temática que combine com a decoração. Se for aplicá-la em um banheiro, por exemplo, as paisagens de natureza caem bem, assim como a natureza morta (flores, frutas e verduras) se encaixa na cozinha e na sala de jantar.

decoração com quadros 05

Fotos e desenhos combinam com ambientes mais descontraídos como a sala, ou até mesmo os corredores e escadas. Nesses dois espaços a composição pode ganhar alinhamentos diferentes que trazem maior criatividade e descontração, em especial quando usados na diagonal, ou alternados entre si.

Para a composição em escadas, o ideal são quadros em tamanho menor, já que as pessoas podem parar para observar os detalhes. Se quiser algo mais dinâmico, só para enfeitar, use como pano de fundo um papel de parede diferenciado e estampado, que confundirá um pouco o destaque dos quadros.

Nos corredores os quadros podem ficar apoiados em prateleiras, também dentro do campo de visão da maioria das pessoas, algo entre 1m65 e 1m70 a partir do chão. A alternância de tamanhos um ao lado do outro é o que garante o ar diferenciado deste tipo de decoração.

decoração com quadros 06

Em quartos a composição pode ficar em dois locais, acima da cama na parede, ou ao lado dela, e de frente para a cama, perto da televisão, ou acima de uma mesa ou penteadeira. O alinhamento vai depender da disposição dos móveis nesse ambiente e do tamanho reservado para colocá-los.

Que tipo de imagens não têm erro?

O erro na arte é quase nulo, já que tudo depende do gosto pessoal e do estilo das pessoas. Por isso, a composição de quadros pode misturar imagens diversas, contanto que as molduras conversem com a decoração do espaço e das paredes, por exemplo. É interessante mesclar as imagens e as molduras pensando na combinação dos materiais presentes no projeto ou no ambiente, opções não faltam.

decoração com quadros 07

Para pessoas modernas, fotos e pôsteres de filmes e artistas agradam em cheio. Bem como ilustrações, imagens vetorizadas, gifs impressos ou ainda desenhos. Para um estilo mais clássico, há reproduções de obras de arte autorizadas, ou há a possibilidade de investir em quadros de artistas novos para valorizar o patrimônio.

Desenhos como caricaturas, esboços em lápis e de paisagens podem enfeitar ambientes comuns como os corredores. Já em quartos, o gosto pessoal deve permanecer, mas com preferência para imagens que tragam mais tranquilidade. Se você quiser experimentar uma composição em sua casa e não quer sair furando a parede para nada, experimente recortar imagens em revistas e jornais e colar com fita adesiva nas paredes, isso ajuda a visualizar como ficaria a produção final.

decoração com quadros 08

Se for pedir ajuda profissional, não se esqueça de levar referências de artistas preferidos e fotos que gostaria de emoldurar. A melhor parte é que a arte nunca sai de moda. Por fim, não esqueça que suas fotos pessoais, de momentos marcantes também podem ser reproduzidas em quadros. Composições com fotos pessoais, montagens, e imagens gerais formam uma composição linda e harmônica.

Uma última possibilidade é a utilização em uma mesma composição de imagens coloridas variando com imagens preto e branco ou monocromáticas com a utilização de um tom base para a composição.

Não tenha medo de arriscar, a elegância da composição se complementa com a elegância e harmonia do ambiente. Aproveite e veja todas as dicas de decoração que já preparamos para você.

Como você está planejando a sua composição de Decoração com quadros? Compartilhe com a gente a sua experiência!

Deseja conhecer mais sobre a Haus? Baixe a Nossa Apresentação!

ebook.haus | reforma como viabilizar o processo sem caos

banner

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE